Quarta, 08 de Dezembro de 2021 23:21
(66) 98420-9136
Cidades Primavera do Leste

Justiça de MT rejeita prorrogação de afastamento de presidente de sindicado e determina seu retorno ao trabalho

Caso não retorne ao trabalho, o servidor terá o ponto cortado por falta não justificada.

23/11/2021 13h16 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Âncora

Um pedido de prorrogação de afastamento voluntário de função pública para exercício de mandato classista foi rejeitado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e validou a decisão administrativa que requisita o retorno imediato do funcionário ao trabalho. Assinada pelo juiz Fabrício Sávio da Veiga Carlota, da 4ª Vara Cível de Primavera do Leste, a sentença aponta que a licença já foi concedida e que um novo prazo fere a lei vigente. 

No Mandado de Segurança, o requerente que havia sido notificado ao retorno, argumenta que exerce a função de presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Primavera do Leste (Sinspp-Leste) e que por isso tem prerrogativa de seguir licenciado da sua função original, de eletricista, da Secretaria de Educação de Primavera do Leste.

No entanto, o juiz aponta nos autos que o mandato atual foi finalizado em fevereiro deste ano. "Levando em conta que a única previsão legal de prorrogação é no caso de reeleição, o que não ocorreu no caso (...)", diz trecho da decisão.

Caso não retorne ao trabalho, o servidor terá o ponto cortado por falta não justificada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.