Quarta, 08 de Dezembro de 2021 23:32
(66) 98420-9136
Educação Educação

Retorno das aulas presenciais está confirmado nas escolas da rede municipal de Primavera do Leste

Atividades de educação física também poderão ser retomadas nas unidades de ensino.

22/10/2021 10h32
Por: Reportagem Fonte: Prefeitura de Primavera do Leste
Reprodução
Reprodução

A partir do dia 25 as aulas serão retomadas de forma 100% presencial nas escolas da rede municipal de ensino de Primavera do Leste. De acordo com a Secretária Municipal de Educação, o retorno integral das atividades presenciais foi decidido devido aos baixos índices de contaminação da Covid-19 e a alta taxa de cobertura de vacinação que passa de 95% do público vacinável no município. Mesmo com a revogação do decreto de determina o distanciamento social, serão mantidas medidas como uso de máscara, álcool em gel, aferição de temperatura e escalonamento das turmas de alunos durante os intervalos como forma de prevenção e controle da pandemia. 

Quanto aos alunos que apresentem algum tipo de comorbidade, os responsáveis podem solicitar a manutenção das aulas remotas na diretoria da unidade de ensino onde o aluno estuda. "Aquelas famílias que têm uma criança em casa que tem comorbidade, não precisa se preocupar. Basta procurar uma unidade de ensino e apresentar o laudo médico atestando o problema de saúde do aluno. Ao ser comunicada, a própria escola irá se encarregar de montar uma estratégia para que uma equipe de profissionais possa oferecer o atendimento a todos alunos que, por razões médicas, ficarão impedidos de retomarem as atividades presenciais", garante a secretária de educação Adriana Tomasoni.  

Em março do ano passado, as aulas presenciais foram suspensas da rede pública de ensino em Mato Grosso. Desde julho, as medidas de flexibilização permitiram o retorno das atividades de foram hibridas em que as turmas foram divididas para um revezamento das atividades remotas e presenciais. Segundo especialista, será necessário no mínimo uma década para recuperar o prejuízo causado na educação durante o período em que os estudantes deixaram de frequentar a sala de aula de forma regular. 

Uma pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais apontou que 89% dos professores da rede municipal de todo o país não tinham experiência com as aulas remotas antes da pandemia. Além disso, parte dos alunos também teve dificuldade para ter acesso as plataformas digitais. 

Para que a educação do município possa continuar avançando em qualidade no processo de aprendizagem "nós estamos fazendo tudo respeitando as medidas necessárias de controle da pandemia e, assim, garantindo um retorno seguro aos alunos entendemos que é o momento de retomar as atividades e evitar que os prejuízos na educação sejam ainda maiores, principalmente para quem está no processo de alfabetização, que são os mais atingidos", afirma Tomasoni que destacou ainda que o "período de ensino híbrido mostrou o esforço dos profissionais da educação, mas já chegou o momento de retornar as atividades presenciais". 

Outra novidade, é o retorno das atividades de educação física que poderão ser feitas sem a obrigatoriedade do uso da máscara. 

O transporte escolar também passará a operar com 100% da capacidade. Atualmente, cerca de mil alunos das áreas urbana e rural são atendidos diariamente. Os protocolos de prevenção como álcool em gel e máscara serão mantidos. 

ENTENDA A ALTERAÇÃO DOS DECRETOS:

A Rede Municipal de Ensino seguirá as orientações de retorno presencial, considerando os Decreto nº2.122 de 06 de outubro de 2021 e nº 2.125 de 08 de outubro de 2021, onde a administração municipal revoga o Decreto nº1.938 de 04 de julho de 2020, bem como suas alterações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.