Domingo, 22 de Maio de 2022 18:36
(66) 98420-9136
Educação Mato Grosso

Governador dá posse a membros das Diretorias Regionais de Educação que têm missão de fortalecer ensino de MT

A criação das diretorias regionais foi instituída por meio da Lei nº 11.668 e sancionada no dia 11 de janeiro

19/01/2022 16h48
Por: Reportagem Fonte: Secom Mato Grosso
- Foto por: Mayke Toscano/Secom MT
- Foto por: Mayke Toscano/Secom MT

O governador Mauro Mendes deu posse aos diretores, adjuntos, coordenadores e assessores pedagógicos das Diretorias Regionais de Educação (DREs), nesta terça-feira (18.01). A solenidade foi realizada no Salão Nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás.

Os gestores serão responsáveis por intermediar as ações entre a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e as escolas estaduais para auxiliar nas demandas administrativas, estruturais, além de contribuir no desenvolvimento das políticas educacionais e processos de recuperação da aprendizagem, fortalecendo o ensino em Mato Grosso.

“Quando assumi a gestão, a primeira secretaria que visitei foi a Seduc e percebi que tínhamos muitas decisões a tomar para transformar a qualidade da educação em Mato Grosso. Foi tomando medidas difíceis que conseguimos construir este cenário, esse novo jeito de fazer educação”, afirmou Mauro Mendes.

As DREs são compostas por 15 diretores, 15 adjuntos, 90 coordenadores regionais e 72 assessores pedagógicos. Os polos estão sediados nos municípios de Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Diamantino, Juína, Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Querência, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

“Quero parabenizar todos os gestores que também são grandes líderes, cheios de ideias que vão fazer a diferença na educação e transformar vidas. Agradeço ao governador Mauro Mendes pelo empenho, ajustes e investimentos de qualidade para assegurar o melhor da educação aos nossos estudantes”, ressaltou o secretário estadual de Educação, Alan Porto.

Representando os diretores regionais, Janaína Solano, da DRE do município de Juína, destaca que a história da educação de Mato Grosso está sendo transformada em cada escola.

“Eu estudei na mesma escola estadual em que trabalhei até pouco tempo atrás - antes de assumir a DRE , e o que estamos vendo hoje na educação era algo que não acontecia há anos. Quero agradecer ao Governo do Estado por proporcionar esse momento histórico”, disse.

Durante a solenidade, as diretorias regionais também receberam 23 veículos novos do modelo Voyage que vão auxiliar nos atendimentos realizado pelos gestores nos municípios que integram os polos. Essenciais no atendimento de ações pedagógicas das escolas do campo, quilombola e indígena, os veículos também permitirão que os gestores estejam em constante diálogo com os municípios no desenvolvimento dos programas Mais MT Muxirum e o Alfabetiza MT.

O diretor regional de Ensino de Tangará da Serra, Saulo Scariot, avalia que a Seduc tomou a decisão certa e importante para o interior, pois os setores administrativos ficaram mais próximos das unidades escolares. “Em algumas situações tínhamos que deslocar até a Capital para resolver as questões, hoje conseguimos solucionar, pois estamos mais próximos dos alunos e dos profissionais da educação”, afirmou o diretor.

“Acredito muito no trabalho dessa gestão e quero parabenizar o governador e toda a equipe de diretores da educação que têm tocado para frente projetos tão importantes e que vão contribuir para a melhoria dos índices educacionais”, pontuou o deputado estadual Alan Kardec, durante a solenidade de posse, que também contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi.

O papel das DREs

A criação das diretorias regionais foi instituída por meio da Lei nº 11.668 e sancionada no dia 11 de janeiro de 2022 pelo Governo do Estado e são atribuições das DREs:

*Garantir o desenvolvimento dos processos de ensino e aprendizagem de acordo com as políticas educacionais estaduais e nacionais;

*Garantir o desenvolvimento da política de formação dos profissionais da educação no âmbito da rede estadual e das redes municipais parceiras;

*Executar os processos de gestão administrativa, financeira, patrimonial e de gestão de pessoas descentralizados pela Secretaria de Estado de Educação;

*Acompanhar os processos de execução das políticas educacionais, políticas de formação e de gestão, prestando suporte presencial e remoto às unidades de ensino;

*Sugerir alterações nas políticas educacionais, de formação e de gestão, objetivando sempre a melhoria e o avanço da qualidade da educação;

*Monitorar e consolidar os dados referentes aos indicadores de aprendizagem e o desempenho escolar das escolas no âmbito de sua circunscrição;

* Promover, apoiar e acompanhar o processo de implantação do regime de colaboração com os municípios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.