Quarta, 19 de Janeiro de 2022 16:16
(66) 98420-9136
Cidades Pauta Nacional

Crise hídrica em Chapada dos Guimarães é destacado em rede nacional de TV

-

25/08/2021 14h48 Atualizada há 5 meses
Por: Reportagem Fonte: Prefeitura de Chapada dos Guimarães
Reprodução
Reprodução

A crise hídrica do município de Chapada dos Guimarães, relacionada à falta de chuva e ao baixo nível dos rios e córregos da região, ganhou destaque nesta semana nos principais telejornais de Mato Grosso e também em rede nacional nesta quarta-feira (18) no Jornal Hoje, TV Globo.

 

A seca fez com que o prefeito municipal Osmar Froner decretasse situação de emergência, que foi reconhecida pela Defesa Civil Nacional, publicando-a no Diário Oficial da União (DOU).

 

Com isso, o município poderá solicitar recursos para ações de combate à seca na cidade. Além disso, a prefeitura poderá ampliar o número de caminhões pipa que estão atendendo as comunidades rurais mais impactadas pela estiagem.

 

O município possui 70 comunidades rurais, e pelo menos 22 correm o risco de ficarem totalmente desabastecidas. Seis delas já estão recebendo semanalmente água potável por meio de caminhão pipa.

 

O diretor do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Anderson Alves Murtinho, explicou para a reportagem que a explicação para isso é a escassez da água na zona rural.

 

“Os córregos estão secando e o pessoal da zona rural está padecendo. Estamos dando suporte a eles por meio do abastecimento com caminhão pipa, semanalmente", explicou.

 

O prefeito Osmar Froner disse à reportagem que o decreto é necessário por causa da falta de chuvas regulares no município, que sofre desde o começo de julho com a seca.

 

Osmar explicou que as despesas extraordinárias já chegaram a R$ 80 mil, e que esses gastos podem subir para R$ 622 mil até acabar o período de estiagem.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.