Domingo, 22 de Maio de 2022 19:02
(66) 98420-9136
Cidades Em Cuiabá

Mais dois postos vão operar com GNV no primeiro semestre

A iniciativa dos empresários visa garantir que o gás natural veicular beneficie uma parcela cada vez maior da população, acelerando o atendimento e reduzindo as filas

12/05/2022 16h11
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação
Posto Emboava, na Miguel Sutil em Cuiabá
Posto Emboava, na Miguel Sutil em Cuiabá

 

Os motoristas da Grande Cuiabá passarão a contar com mais dois postos operando com Gás Natural Veicular (GNV), ampliando a oferta até o final do primeiro semestre. No total, serão seis postos comercializando o combustível. 

O atendimento será iniciado no Posto Emboava, na Avenida Miguel Sutil, no Bairro Alvorada. Na sequência, será o Fort Atacadista Posto, na Avenida Fernando Corrêa, anexo ao Fort Atacadista Coxipó, no bairro Vista Alegre. Ambos em Cuiabá.  

O Emboava está com dois dispensers, equipamento equivalente à bomba abastecedora, sendo quatro bicos. Ou seja, quatro carros serão atendidos ao mesmo tempo. Já o Fort finaliza as instalações para três dispensers que atenderão até seis veículos.

A iniciativa dos empresários visa garantir que o gás natural veicular beneficie uma parcela cada vez maior da população, acelerando o atendimento e reduzindo as filas.

De acordo com João Marcelo Borges, do Posto Emboava, é mais uma alternativa de abastecimento para os usuários. “Estamos investindo em equipamentos para garantir um atendimento com mais qualidade e mais segurança. Novos postos garantem economia no bolso dos taxistas, frotistas e motoristas de aplicativos”, destaca.

O GNV tem uma economia em relação aos combustíveis líquidos que é de 40% em relação ao etanol e de até 60% na comparação com a gasolina. Com a constante alta dos combustíveis no mundo, a diferença é extremamente significativa e garante melhor renda a quem trabalha com o transporte de passageiros.

A expansão da oferta de GNV é muito esperada e, pelo interesse dos revendedores, já teria ocorrido não fosse a dificuldade de produção de equipamentos e de mão de obra para instalação e manutenção. A mão de obra é especializada e vem dos grandes centros no Brasil


Somente o Fort Atacadista Posto espera comercializar 300 mil m³/mês, atendendo cerca de 800 veículos por dia. Nesse posto, para a instalação dos três dispensers e demais equipamentos, o investimento alcança R$ 2,5 milhões. O Posto Emboava ainda precisa definir se locará ou comprará mais equipamentos e ainda fecha o orçamento.O Fort Atadista Posto estudou o mercado de gás até encontrar o fornecedor adequado para instalações seguras, seguindo as normas regulamentadoras. Teve um incremento de 90% no tamanho da equipe. Os colaboradores foram treinados para atender a demanda esperada e com segurança.

VANTAGENS

Além de oferecer vantagem no custo por quilômetro rodado, o GNV ajuda na redução de resíduos de carbono nas partes internas do motor, aumentando a vida útil e o intervalo de trocas de óleo. Também, devido à baixa emissão de nitrogênio, dióxido de carbono e enxofre, contribui para a melhoria do ar.

VOLUME CONSUMIDO EM MT

Atualmente, Mato Grosso consome pouco mais de 950 mil m³ através dos postos. Para as indústrias são destinados 110 mil m³. A distribuição e o transporte são feitos através da GNC Brasil. A empresa informou ao Sindipetróleo que está preparada para atender o dobro do atual consumo, ou seja, atender até mais quatro postos. Destacou que haverá mais postos conforme o crescimento da demanda e que, se ocorrerem filas, será por conta de problemas pontuais, como manutenção de equipamentos. A GNC também informou que está adquirindo mais veículos para o transporte do gás.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cuiabá - MT

Cuiabá - Mato Grosso

Sobre o município
Cuiabá é um município brasileiro, capital do estado de Mato Grosso, Região Centro-Oeste do país. Fundado em 1719 por Pascoal Moreira Cabral e descoberto por Miguel Sutil, ambos bandeirantes nascidos na cidade de Sorocaba-SP, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio