Sábado, 04 de Dezembro de 2021 18:52
(66) 98420-9136
Educação Educação

Maker space público é inaugurado em Primavera do Leste

Estação Futuro já começou a receber estudantes do Ensino Fundamental da rede municipal de educação

18/10/2021 12h12
Por: Reportagem Fonte: Prefeitura de Primavera do Leste
Reprodução
Reprodução

O primeiro maker space público de Mato Grosso foi inaugurado no dia 15 de outubro, em Primavera do Leste, em um dos bairros com maior vulnerabilidade social do município. A Estação Futuro ficou repleta de alunos do 7º ano da Escola São José, que se encataram com todas as possibilidades de ideias e trabalhos disponibilizadas a eles.

“Eu achei tudo incrível, bem tecnológico, bem legal, me interessei bastante”, expressou Nicolly Gomes Calais, de 11 anos, que passou pelas estações de arte digital e mesa controladora para oficinas de DJ.

Já a estudante Isabelly Parreira Alves, 12 anos, foi direto para a mesa de som e ficou impressionada com o contato com tecnologias modernas e inovadoras, algo que ela nunca havia visto de perto. “A gente achava que isso só tinha em outros países, é muito legal ver de perto e aprender a mexer com isso”, frisa.

Além das estações mencionadas pelas meninas, as tecnologias selecionadas na escola de inovação abrangem também impressora 3D, mesa digitalizadora para produção de arte gráfica, drone e jogos digitais.

“Quando você traz produtos como esses para um bairro afastado do centro, que tem muitas famílias em situação de risco social, isso é importante para construir políticas de fortalecimento da criança na sociedade, você efetivamente dá instrumentos para que isso aconteça. A Estação Futuro vem ao encontro da demanda entre pensar, ofertar e garantir que as possibilidades aconteçam para todos”, destaca o secretário de cultura, Wanderson Lana.

A iniciativa reuniu as secretarias de Cultura, Educação e Assistência Social e a iniciativa privada, por meio da contratação da Agência Besouro de Fomento Social. Entre a assinatura do contrato até a execução completa do projeto, tudo foi feito em apenas 45 dias.

“Quando se fala em assistência social, pessoas pensam no pouco, no mesmo, e a prova de que a assistência é pensar no mais, em oferecer o melhor pensando no futuro. Precisamos referenciar essas crianças dentro das nossas unidades, precisamos trazê-las e mostrar a importância de se qualificar em um bom projeto, aprender novas profissões e se envolver com novidades”, destacou a secretária municipal de assistência social, Leninha Riva.

De acordo com a secretária municipal de educação, Adriana Tomasoni, o espaço tem o intuito de complementação curricular, com aulas práticas que se alinham ao conteúdo teórico aprendido na escola. “Este ano, vamos trabalhar com turmas do 9º ano, com quem está se preparando para entrar no ensino médio. Teremos oficinas específicas, de aproximadamente duas horas com até 20 alunos, para conhecimento dessas tecnologias, durante o horário das aulas”, explicou.

A inauguração contou com a presença de autoridades do município, dentre elas o prefeito, Leonardo Bortolin, e o vice-prefeito, Ademir Goes. “Achei maravilhoso, eles ficam fascinados. Esse é um projeto muito bem pensado em como o mundo é digital hoje. Vemos o quanto é importante trazer uma profissão com aquilo que eles mais gostam, preparar o cidadão para Primavera. Precisamos investir em quem irá tocar nossa cidade nos próximos anos”, pontuou o vice-prefeito.

O chefe do Executivo Municipal destacou a importância do projeto em atuar diante da vulnerabilidade social de muitas crianças e adolescentes do município: “estamos muito felizes por inaugurar a primeira escola de inovação e tecnologia em Primavera do Leste, onde nossos jovens vão aprender a operar várias tecnologias para poder auxiliar de maneira pedagógica os alunos da rede municipal e trabalhar como ferramenta de combate à vulnerabilidade infantil e juvenil”.

A Estação Futuro foi construída em formato de conteiner, no intuito de atender toda a sociedade primaverense e circular pelos bairros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.